Pesquisar este blog

sábado, 26 de novembro de 2011

Alguém Como Você

Alguém Como Você


Eu ouvi que você se estabeleceu
Que você encontrou uma garota e você está casado agora
Eu ouvi que seus sonhos se tornaram realidade
Acho que ela lhe deu coisas que não dei a você


Velho amigo
Por que você está tão tímido?
Não é como se você tivese que se conter
Ou se esconder da luz


Eu odeio aparecer de repente sem ser convidada
Mas eu não pude ficar longe, não consegui evitar
Eu tinha esperança de que você veria meu rosto e que você se lembraria
De que pra mim, não acabou


Não se preocupe, eu vou encontrar alguém como você
Não desejo nada além do melhor para você, também
Não se esqueça de mim, eu imploro, me lembro que você dizia:
Às vezes o amor dura
Mas, às vezes, fere em vez disso
Às vezes o amor dura,
Mas, às vezes, fere em vez disso, iei


Você saberia como o tempo voa
Somente ontem foi o tempo das nossas vidas
Nós nascemos e fomos criados numa neblina de verão
Unidos pela surpresa dos nossos dias de glória

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!!! s2