Pesquisar este blog

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Problemas - Cada um tem os seus


"Quanto maior a dificuldade, tanto maior o mérito em superá-la.”
H W Beecher
 
Problemas todos tem, tiveram e irão ter. De forma nenhuma estou sendo pessimista, mas apenas observando a simples realidade da vida. Só não tem problemas (ao menos é o que podemos pensar) aqueles que já morreram.
Claro que olhando os demais, muitas vezes nos deparamos pensando que tem pessoas que não tem problema algum, que não sofrem e nem sofreram nada. Pura besteira, pois todos os seres humanos tem os seus problemas a enfrentar e superar, apenas não sabemos o que cada um passa ou passou em sua vida e em seu íntimo. 
 
É claro que gostaríamos de viver uma vida sem problemas, mas isto, além de impossível, é não compreender a importância dos problemas em nossa vida. Os problemas podem ser vistos apenas como incômodos e acontecimentos ruins que ocorrem, ou podem ser vistos como desafios que podem nos ajudar a crescer e mudar para melhor, tanto a nossa vida como nossa própria pessoa. Pessoalmente creio que é esta a finalidade deles. 
 
Neste caso passamos a ver os problemas, mais como desafios a serem superados do que como simples situações que não nos agradam ou que nos incomodam. Talvez até possamos dizer que o mais importante nem é superar o problema, mas conseguir extrair deles um aprendizado, um estímulo a mudança, um processo de crescimento humano, social, profissional, familiar e espiritual, conforme a situação que se apresenta. 
 
Acredito que sendo inevitável a presença de problemas em nossa vida, o que devemos fazer é não criar problemas desnecessários, pois isto é comum acontecer, e muitos repetem estes comportamentos, gerando problemas que não precisariam ter. Claro que aí também tem algo que devem aprender, e se você for um dos que costumam fazer isto, então procure entender o por que você complica tanto o que não precisa, e é bem possível que passe a viver bem melhor, complicando menos. 
 
Há problemas que criamos por comportamentos inadequados, atitudes que não devíamos ter tido e pensamentos errados sobre as coisas que ocorreram ou estamos vivendo. Nestes casos o melhor é pararmos, refletirmos e buscarmos mudar nossos padrões de pensamento, julgamento e entendimento das coisas em si, e consequentemente, mudarmos nossas atitudes mentais e nossos comportamentos frente a vida e aos demais. 
 
Por outro lado, há problemas que não se originam de nossa parte, mas das outras pessoas ou da vida em si. Aí o importante é nos fortalecermos para agir de forma mais positiva e criativa, enfrentando, mudando, criando alternativas, enfim, agindo de forma mais eficaz e produtiva, para mudarmos tudo aquilo que nos é possível mudar. 
 
Com certeza, podemos viver uma vida melhor e mais feliz, com menos problemas e mais momentos felizes e de maior paz. Isto depende de mudarmos para melhor, de olharmos a vida de forma mais positiva, e de criarmos situações e relações que nos ajudem a viver bem melhor. E isto começa com uma decisão e um conjunto de ações que dependem de cada um, do que cada um quer e assume fazer para tornar sua vida mais plena e feliz.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!!! s2